O carateca baiano Rodrigo Delayti Alcântara, de 23 anos, estudante de Educação Física, com vários títulos estaduais, nacionais e internacionais como o Pan-Americano de 2011 no Chile, pode ficar de fora do XVIII World Traditional Karate Cahampionship e do II UWK World Championship, que serão disputados na Itália por falta de patrocínio. As competições serão realizadas em Montecatini, na Itália, entre os próximos dias 27/11 e 03/12.

Rodrigo Delayti Alcântara, que começou a treinar o caratê aos cinco anos, tendo conquistado sua primeira faixa preta aos 12 anos, é integrante da Seleção Baiana de Karatê-do Tradicional, foi convocado para compor a seleção brasileira pela Confederação Brasileira de Seleção Brasileira de Karatê Tradicional. Sua convocação é resultado direto de uma série de resultados excelentes conquistados pelo carateca. No entanto, sem contar com patrício, o atleta pode deixar de representar a Bahia e o Brasil na Itália.

Como forma de alcançar mais um sonho de atleta, Rodrigo Delayti Alcântara vem contando com o apoio da família e buscando a ajuda de amigos por meio da tradicional vaquinha, muito conhecida e usada por atletas brasileiros. Além dos familiares o carateca conta também com a ajuda do professor Silvano Ribeiro e colegas do Clube Jinseikan.

Mas, principalmente por conta da crise que ainda assola o país, a conta não fecha e o careta ainda não conseguiu fechar os custos com a viagem. Com o objetivo de seguir em frente em busca de novas conquistas e medalhas, Rodrigo Delayti Alcântara aposta na ajuda de desportistas e empresários que possam colaborar com sua viagem para a Itália.

Portanto, quem quiser ajudar pode entrar em contato através do e-mail rosanemedrado1015@gmail.com e celular (71) 996276767