Reforçar a importância da primeira infância, e, deste modo, ampliar os espaços de discussão e mobilização em favor da cultura da infância no estado da Bahia. Esse é o objetivo das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA) ao realizar o 1º Seminário Estadual Mais Infância, na próxima terça-feira (5), no Cimatec, na Avenida Orlando Gomes, no bairro de Itapuã, em Salvador. A abertura do evento, às 8h30, terá a presença da presidente da instituição e primeira-dama do Estado, Aline Peixoto, e a exibição de um vídeo institucional sobre as atividades das VSBA.

O evento tem estimativa de um público de mil pessoas e é direcionado a primeiras-damas dos municípios, prefeitos, educadores, professores e dirigentes de creches comunitárias de Salvador, assistidas pelo Programa Mais Infância. Palestrantes de renome irão tratar, ao longo de todo o dia, do tema infância em todas as suas vertentes. Entre os convidados estão as professoras Maria Thereza Marcílio, representante da Rede Nacional Primeira Infância, e Tânia Zagury, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e membro da Academia de Letras Carioca, além de autora de diversos livros sobre educação e comportamento de pais e educadores.

A partir das 9h, será iniciado o primeiro painel, abordando a infância na legislação brasileira, com foco nas creches comunitárias e a garantia do direito à educação; os 27 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA); e as garantias legais para uma infância tranquila e o combate às violações no âmbito da infância. Participam deste painel as promotoras de Justiça Cintia Guanaes e Márcia Guedes e o advogado Marcel Mariano.

O segundo painel, a partir das 10h40, discutirá a trajetória histórica da infância no Brasil e na Bahia, e o papel do Unicef na garantia dos direitos da infância e da adolescência no Brasil. Os palestrantes são a pesquisadora de Educação Comunitária e professora-doutora da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Marlene de Oliveira dos Santos, e a representante da Unicef na Bahia, Helena Oliveira.

À tarde, com a participação de Vital Didonet e Tânia Zagury, serão tratados assuntos sobre os espaços de educação para as crianças brasileiras e os principais desafios da atualidade e os cuidados com a infância. Às 15h40, o diretor do Centro de Formação para o Trabalho da VSBA, Manoel Calazans, apresenta o Projeto Mais Infância, das Voluntárias Sociais.

Antes do encerramento, às 16h, será feita a leitura e assinatura da Carta pela Infância Baiana, um documento que resume as discussões e reflexões tratadas durante o seminário. Em seguida, às 17h, haverá uma apresentação cultural. Inscrições e mais informações sobre o seminário podem ser obtidas no site do evento.

O Mais Infância foi idealizado por Aline Peixoto com o objetivo de realizar um conjunto de ações voltadas a melhorar e promover a integração e socialização das crianças de 0 a 5 anos atendidas pelas 200 creches-escolas comunitárias de Salvador. As ações também envolvem a qualificação profissional dos professores e gestores das entidades, que ao longo deste ano participaram de um curso de formação e qualificação gratuita.

As ações do Mais Infância objetivam cuidar das crianças em situação de vulnerabilidade social, e compreendem desde a formação continuada dos professores, como a reforma física de creches, visita e acompanhamento pedagógico às creches, e realização de circuitos culturais com às crianças atendidas pelas entidades, dentre outras atividades.