O Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou que será realizada no dia 02 de agosto a sessão em que haverá deliberação sobre a autorização para prosseguimento ou não da denúncia contra Temer.

Na tarde desta quinta (13), foi rejeitado na Comissão de Constituição e Justiça o parecer do relator original, Sérgio Zveiter. Designado como substituto, Abi-Ackel (PSDB-MG) já apresentou um parecer que rejeita a denúncia contra Temer, tendo sido aprovado pela CCJ.

O parecer, porém, não vincula os deputados no plenário. São necessários os votos de 2/3 dos deputados (342) para ser autorizada a análise da denúncia contra Temer pelo STF. Caso haja a autorização e o Supremo receba a denúncia, Temer se torna réu e será temporariamente afastado da Presidência, com Rodrigo Maia assumindo o cargo.

Foto: Rodrigo Maia (Eduardo Anizelli/Folhapress)