A Concessionária Litoral Norte (CLN) montou uma operação especial para o São João. Mais de 80 mil veículos são esperados entre os dias 21 e 25 de junho na BA 099. Para aproveitar os festejos juninos, é importante levar na mala a atenção na hora de pegar estrada, já que o fluxo de veículos aumenta, além da probabilidade de chuvas durante o período.

 

Contando com o apoio da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a operação terá reforço de equipe, com cinco veículos operacionais em prontidão para proporcionar mais agilidade e segurança nos atendimentos, garantindo a segurança dos motoristas que passarem pela rodovia nos dias de festa.

 

Para Daniel Ovalhe, gerente de operações da CLN, as regras de ouro para um São João mais seguro são: “não utilizar o celular enquanto dirige, não misturar álcool e direção e revisar seu veículo antes de viajar”. Por isso, o licor – bebida típica junina – deve ser deixado de lado antes e durante a direção, assim como qualquer outro tipo de bebida alcoólica.

 

As estradas molhadas merecem uma atenção maior do motorista. Como junho é um mês de chuva na Bahia, é possível enfrentar diminuição de visibilidade e de aderência no veículo ao asfalto. Portanto, mantenha distância entre os veículos, deixe o limpador de para brisa ligado quando necessário e dirija com total atenção.

 

Aproveite! – Um destino muito procurado tanto por quem gosta dos festejos juninos como por quem quer descansar e fugir da agitação, Mata de São João guarda diversos destinos para o feriado. Além de, aproximadamente, 20 km de extensão litorânea, que compreende desde a Praia do Forte – que terá música na Praça da Alegria – até a Costa do Sauipe, passando por Imbassaí, onde a Praça dos Esportes ganhará bandeirolas e muita animação, a sede do município terá o Espaço da Alegria, com dois palcos que vão receber nomes como Dorgival Dantas, Calcinha Preta e Estakazero.

 

Serviços

 

Todos os serviços da CLN podem ser acionados pelo atendimento telefônico, através do número 0800-071-3233 e também pelos telefones de emergência (call box), situados a cada 2km, ao longo da Estrada do Coco (entre a Ponte do Rio Joanes e a Praia do Forte). É possível ainda acompanhar o tráfego da BA-099 em tempo real, assim como as condições climáticas, os valores das tarifas, entre outras informações, através do site www.clnorte.com.br.

 

Dicas de viagem

 

Em 2017, mais de 60% dos atendimentos da CLN foram realizados em decorrência de panes mecânica ou elétrica. Quase 50% dos acidentes no trecho operacional da empresa estão relacionados à desatenção na rodovia. A CLN recomenda que o motorista faça a manutenção preventiva do seu carro e que confira o estado de pneus (inclusive o reserva), cinto de segurança, faróis, luz de freio e pisca alerta. É recomendável também que sejam verificados óleo, amortecedores, extintor (que deve estar dentro da validade e sem o revestimento plástico), e se no carro há triângulo, macaco e chave de roda em condições de uso.  A concessionária sugere ainda que o usuário tenha o dinheiro trocado, para agilizar o atendimento na praça de pedágio. Lembrando sempre: se beber, não dirija.

 

Cuidados redobrados

 

De acordo com a portaria de n° 135/17 da Superintendência de Transportes da Bahia (SIT), é vedado o tráfego de veículos com capacidade de carga superior a seis toneladas nos fins de semana e feriados, no trecho da BA 099 do Rio Joanes (Km 7,5) até a divisa da Bahia com Sergipe. A CLN recomenda que os usuários respeitem as leis de trânsito e dirijam com responsabilidade para reduzir a possibilidade de acidentes.

 

Sobre a CLN

 

A Concessionária Litoral Norte, uma empresa Invepar Rodovias, faz a gestão da rodovia BA-099, que compreende a Estrada do Coco (a partir do km 7,7) e a Linha Verde, conectando Lauro de Freitas até a divisa dos Estados da Bahia e Sergipe, com extensão total de 217 km, entre 183 km de rodovias e 35 km de vias de acesso. A empresa presta serviço para o Governo do Estado da Bahia e é fiscalizada e regulamentada pela AGERBA (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia). Atualmente a Concessionária gera cerca de 300 empregos diretos e indiretos e já repassou mais de 23 milhões de reais em impostos para os municípios da região.

 

 

Foto: Divulgação