O Governo do Estado entregou mais uma obra de mobilidade na capital baiana, na manhã desta sexta-feira (23). O ato de abertura da via que faz parte da Linha Vermelha foi realizado pelo governador Rui Costa. O trecho compreende a implantação da Avenida 29 de Março, na parte que liga a Avenida Paralela à Aliomar Baleeiro, mais conhecida como Estrada Velha do Aeroporto. Somente nesta parte da obra foram investidos mais de R$ 78 milhões.

“Essa etapa oferece acessibilidade a todas as comunidades aqui do entorno, como Boca da Mata, Fazenda Grande, Cajazeiras, entre outras. Em março, vamos entregar a próxima etapa, que é a conexão com a Via Regional, que vai possibilitar a trafegabilidade de pessoas entre a BR-324 e a Paralela, e vice-versa”, explicou o governador.

Ainda de acordo com Rui Costa, esta é a primeira vez, na história de Salvador, que se corta, transversalmente, a cidade. “O que o Governo planejou para a capital transforma a mobilidade da cidade. Além do metrô, essas duas vias estruturantes, batizadas de Linha Azul e Linha Vermelha, que garantem o acesso da Orla até o Subúrbio, figuram como um grande avanço para os baianos”, destacou.

Segundo o diretor de obras estruturantes da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), Sérgio Silva, nesta sexta-feira estão sendo entregues quatro quilômetros de obras viárias. “Hoje entregamos a ligação da Avenida Paralela com a Estrada Velha do Aeroporto, composta por três pontilhões, um viaduto e totalmente iluminada com tecnologia LED. Essa é mais uma ação do Governo do Estado que dá continuidade ao trabalho para fazer as via alimentadoras do metrô”.

A Avenida 29 de Março foi projetada para ligar a orla de Salvador à BR-324, no trecho próximo a Águas Claras. A obra conta com investimento total de R$ 581,5 milhões. O trecho da via entregue conta com pista dupla, sendo três faixas de tráfego por sentido e uma delas com capacidade para operar o sistema BRT. Também foram instalados passeio com acessibilidade, ciclovia, iluminação em LED, sinalização horizontal e vertical e paisagismo em toda a extensão da via. Outros serviços complementares, como a macrodrenagem do Rio Jaguaribe, também foram realizados.

O secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, destacou que a obra melhora o acesso de moradores de bairros vizinhos da obra, como Nova Brasília, Alphaville II, Fazenda Grande, entre outros. “É uma redução de tempo e melhoria na acessibilidade a um dos bairros mais importantes da cidade de Salvador, que é Cajazeiras. É mais um passo na instalação das vias transversais que, sem dúvidas, são o maior impacto para a mobilidade, além da implantação do transporte de massas sobre trilho”.

Foto: Daniel Puyol – GOVBA